Délio encerra campanha em evento com 1.500 apoiadores

28nov

Em clima de muita animação, a Chapa 20 – Independência na Ordem, do candidato à presidência da OAB/DF Délio Lins e Silva Jr., reuniu na noite desta terça-feira (27) na Pizzaria São Paulo, em Taguatinga, cerca de 1.500 apoiadores no encerramento da campanha para as eleições de 2018. Participaram do ato todos os candidatos que compõem a chapa, inclusive a diretoria e os representantes das nove Subseções em que a Independência na Ordem concorre. A votação ocorre na quinta-feira, 29.

No evento, que começou com um testemunho emocionado do criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, sobre seu início de carreira e o exercício da advocacia no momento atual do país, Délio foi ovacionado pelos presentes, recebido com balões, bandeiras e gritos de ordem, muita gente vestindo azul e laranja, as cores da Chapa 20.

Kakay declarou seu voto e confiança nas propostas da Chapa: “Tenho 35 de profissão e nunca tinha visto ativismo tão grande do Judiciário e Ministério Público, com a criminalização da advocacia. Sinto falta de uma OAB atuante e com voz forte num momento intenso como esse. Meu voto vai para Délio porque ele está preparado para assumir esse papel, e isso acompanhei durante toda essa campanha”, afirmou. “Estou convencido de que a gestão de Délio será um importante instrumento no enfrentamento dessa questão e na retomada de uma Ordem forte e realmente independente!”.

Kakay destacou ainda que ter Daniela Teixeira – “advogada competente e guerreira que conseguiu várias conquistas para as mulheres e abriu espaço para lideranças femininas na OAB/DF” – como candidata a Conselheira Federal na Chapa 20 só reforça sua confiança.

Daniela fez uma manifestação bastante empolgada para animar os apoiadores a continuarem a campanha ainda durante todo o dia de votação, na quinta-feira. “Aqui não tem vice mulher de enfeite, aqui não tem presidente capacho do GDF. Aqui tem um time unido de advogadas e advogados, preparado para resgatar os melhores valores da nossa Ordem e, com Délio à frente, o próximo triênio vai ficar na história da OAB/DF”, ressaltou. Ela destacou ainda que o ex-presidente da Seccional, Francisco Caputo (2010-2012) foi um visionário colocando, nove anos atrás, duas mulheres como Conselheiras Federais titulares em sua chapa – algo inédito nos 80 anos da história do Conselho Federal. “Portanto, essa luta da mulher na advocacia é nossa, da Chapa 20!”.

CAMPANHA ALEGRE, INCLUSIVA E PROPOSITIVA

Caputo, que hoje integra a Chapa 20 também como candidato ao Conselho Federal, discursou com igual empolgação para um público que toda hora interrompia gritando o slogan da campanha: “Independência! Independência!”. “É uma alegria e satisfação enormes ver esse clima de tanta energia aqui hoje. Nos dá a certeza de que ninguém vai nos deter nessa caminhada rumo à vitória!”, declarou. “Fizemos uma campanha alegre, inclusiva e propositiva, temos as melhores propostas e os melhores propósitos. Acabou projeto político-partidário na OAB/DF, acabou projeto pessoal na Seccional. A Ordem será dos advogados de novo, porque a Ordem é a nossa casa!”.

Já a candidata a vice-presidente da Chapa 20, Cristiano Damasceno, lembrou que nasceu em Sobradinho e é advogada de Subseção com muito orgulho. “Vamos mostrar que somos, nós todos das Subseções do DF, um povo forte e corajoso. Vocês terão uma representante que vai lutar pelos advogados e advogadas das Subseções em cada metro quadrado da nossa diretoria. E, todos juntos, vamos ajudar a tornar a nossa Seccional a melhor desse país”, assegurou ela.

No discurso final e emocionado, Délio Lins e Silva Jr. agradeceu a presença maciça de apoiadores no fechamento dos eventos da campanha. “Temos aqui 1.500 advogados e advogadas em cujas veias corre sangue OAB! Aqui, é a advocacia que manda. Quero agradecer a cada um por esses mais de cinco meses de caminhada conosco até chegar aqui, hoje”, destacou. “Sei que estão junto com a Chapa 20 – Independência na Ordem porque nós somos a chapa da inclusão, não da segregação. Somos a chapa das propostas, da alegria, do trabalhar pela nossa classe como um todo. A que não quer e não vai aceitar ser um puxadinho do GDF. A que vai retomar a OAB/DF como a casa de todos vocês a partir de 1º de janeiro!”.