Gama

Gama forte e independente

Veja nossas propostas para fortalecer a subseção do Gama:

  • Efetivar a autonomia administrativa e financeira da subseção.
  • Criar o Conselho Subseccional.
  • Implantar Turma Julgadora do Tribunal de Ética, visando à fiscalização e ao combate à concorrência desleal, à propaganda abusiva, ao exercício ilegal da profissão, à captação irregular de clientes e a toda violação perpetrada ao Código de Ética.
  • Não disputar a reeleição. O trabalho será voltado para a advocacia, e não para ganhar votos.
  • Trabalhar junto com a defensoria a fim de garantir que só hipossuficientes sejam atendidos.
  • Lutar pela implementação de transporte de integração na subseção.
  • Trabalhar para reformar a Sala do Advogado no fórum, para que haja espaço privativo para atendimento.
  • Comprar computadores, scanners e copiadoras para a Sala dos Advogados.
  • Levar ações da ESA e da Caixa de Assistência para a subseção, entre elas cursos com professores renomados, para capacitação dos advogados, e outros convênios locais.
  • Lutar para a implementação de sala da OAB na 20ª DP – Delegacia Plantonista, com sala de apoio aos advogados.
  • Combater a precarização da advocacia, de maneira a demonstrar que temos a mesma qualidade e formação técnica de todos os outros que atuam na seccional, para que sejamos contratados e recebamos honorários em condições de igualdade.
  • Trabalhar com a seccional para adequação da tabela de honorários para a realidade das subseções, viabilizando seu cumprimento e evitando aviltamento.
  • Contratar defensor local das prerrogativas.
  • Promover projetos de acolhimento e suporte ao jovem advogado, tal como tutorial para advogados iniciantes, tutoria presencial e remota aos advogados iniciantes, com orientação sobre atendimento, fixação de honorários, desenvolvimento e soluções para o problema dos clientes.
  • PJ-e: apoio e suporte no peticionamento eletrônico.
  • Criar site institucional para a subseção.
  • Fomentar ações de desenvolvimento profissional de LGBTs, com criação de comissão específica que zelará por eles com acolhimento, promoverá cursos de capacitação e orientações sobre a retificação do nome social na identidade profissional.